Contatos :

Contatos :

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

MOMENTO MEIO AMBIENTE : OS ANIMAIS EXTINTOS NO BRASIL

    Apesar da grande biodiversidade, cerca de 627 espécies, como onça-pintada, lobo-guará, peixe-boi e ararinha-azul, correm o risco de sumir da fauna nacional



O Brasil possui uma enorme biodiversidade, porém a intervenção humana, e principalmente o desmatamento, tem levado vários exemplares da fauna à extinção. Atualmente, o país possui 627 espécies ameaçadas, entre elas o peixe-boi, onça-pintada, arara, garça e tartaruga marinha.
Primeiramente, é bom explicar que o termo “espécies ameaçadas” é referente às espécies que se encontram em perigo de extinção. Já a expressão “espécies extintas na natureza” é utilizada com relação às espécies que se encontram apenas em cativeiro.
Na área de Mata Atlântica, por exemplo, concentra-se 60% de todos os animais extintos do Brasil. Com apenas 7,5% de sua cobertura original devido ao avanço da expansão urbana no Sudeste, o mico-leão-dourado perdeu seu habitat e hoje é encontrado algumas centenas vivendo no estado do Rio de Janeiro, na reserva de Poço das Antas.
No Pantanal, tanto a onça-pintada quanto o cervo-do-pantanal desapareceram da região devido à caça indiscriminada. Já a ararinha-azul, muito cobiçada no mercado internacional por sua plumagem, há poucos sobreviventes, cerda de 50, vivendo na Bahia e no Piauí.
Nos enormes hectares da Floresta Amazônica a situação não é diferente. Tanto as queimadas, que visam abrir terras para pastagem ou pecuária, contrabando, extrativismo desordenado e poluição, podem acarretar perdas de variabilidade genética e, eventualmente, a extinção de espécies. A lista infelizmente não para de crescer: arara-vermelha, boto-cachimbo, cachorro-do-mato, jaguatirica, lobo-guará, macaco-prego, tamanduá-bandeira, entre tantos outros figuram como animais extintos no Brasil.
O tráfico de animais silvestres é outro item preocupante, uma vez que a cada dez animais retirados da natureza, apenas um sobrevive. E nem o ambiente aquático escapa. A tartaruga-de-couro é um animal cada vez mais raro de ser observado no litoral brasileiro. Assim como o peixe-serra, o tubarão-baleia, a piracanjuba, a plabinha e o pacu, que também são considerados animais extintos.


FONTE : PENSAMENTO VERDE

Nenhum comentário:

Postar um comentário